Photobucket

Preços:
Membro FN - 5€
Não-Membro - 8€

Sourense 3 vs 4 União da Serra

By Redondo on 8:29 da tarde

Filed Under:

Photobucket

Sourense: Luís Pinto; Marco Paiva, Luizão, Marco Brás(c) e Ricardo Castro; Rocha, Fábio e Nélson; Matoso, Reinaldo e André Namora

Suplentes: Diogo Pocinho, Luís Viola, Diogo Roxo, Márcio Melro e Ricardo Namora

Treinador: Caju

A atravessar uma fase conturbada, ainda sem direcção e com Manuel Roxo à frente do clube não se podia pedir muito à equipa de Soure. Ainda assim fizeram o melhor que podiam, acompanhado de um dos melhores jogos desta fase de promoção.

O Sourense foi o primeiro a marcar, por intermédio de Reinaldo após passe de Nélson, o brasileiro não tremeu e na cara do guarda-redes trocou as voltas ao adversário e atirou para o fundo das redes. O União reagiu e pouco depois é de livre que quase chega ao empate, um grande remate que levava selo de golo mas com um colega, em fora de jogo, a tentar o desvio e a ver o golo a ser, bem, anulado.

Ainda na primeira parte o União faz o empate depois de, pela direita, o avançado do União ter ganho na velocidade a Ricardo Castro e cruzado rasteiro para o desvio do extremo contrário que se antecipou a Marco Paiva. Já no tempo de desconto o União chega à vantagem, num livre descaído para a esquerdo o primeiro desvio vai ao poste, a recarga contra Marco Brás, que é puxado e empurrado sem o árbitro assinalar a falta e quando Luís Pinto se recompunha, Marco Brás vê as suas pernas serem presas por um adversário quando tentava acabar com a jogada e o consequente golo para a União.

Na segunda parte, nem um minuto decorreu até a União fazer o 1-3. Um lance em que ainda ninguém estava atento ao jogo e um jogador da União remata sozinho sem Luís Pinto na baliza.

Com o 1-3 veio a reacção do Sourense que se lançou, ainda mais, quando vê um jogador do União levar o 2º amarelo por jogar a bola com a mão numa altura em que André Namora podia seguir isolado. O Sourense galvanizou e Melro em jogada individual faz um golo de bandeira e apesar da desvantagem festeja efusivamente, pois foi o seu primeiro golo como Sénior.

Quando o Sourense tentava o empate, uma gracinha do árbitro que decide dar o 2º amarelo a Matoso, numa jogada a meio-campo como dezenas de outras ao longo de um jogo normal. O Sourense não baixou os braços e na cobrança de um livre, pela direita, André Namora coloca a bola na cabeça de Reinaldo que não perdoa e restabelece o empate. A festa foi enorme pois estes jogadores merecem TUDO!

Pouco depois, em contra ataque, Reinaldo tentou o 4-3 e respectivo Hat-Trick quando tinha Diogo Roxo isolado pela direita que podia dar a machadada final no jogo naquele que seria o seu primeiro golo a nível oficial como Sénior do Sourense.

No último minuto, novo livre na boca da área do Sourense que o União se encarregou de converter da melhor maneira. Há que dar os parabéns ao União pela vitória, ao Sourense pelo grande jogo que fez e principalmente ao Melro pela estreia a marcar como Sénior.

0 comentários for this post