Photobucket

Preços:
Membro FN - 5€
Não-Membro - 8€

Vitória justa em jogo estragado pela arbitragem

By ®Fábio Silva on 5:19 da tarde

Filed Under:

11-09-2006
Pedro Carvalho

FUTEBOL – SOURENSE
Vitória justa em jogo estragado pela arbitragem
O Sourense entrou da melhor maneira no “Nacional” da 3.ª Divisão, com um triunfo, por 2-o, sobre o Caranguejeira. Guimar e Estaqnueiro foram os “heróis”.

O início de jogo, entre Sourense e Caraguejeira, foi repartido, embora sem grandes oportunidades de golo. A excepção a esta regra surgiu aos sete minutos, após uma jogada de envolvimento da equipa da casa, que fez despertar os adeptos presentes no “António coelho Rodrigues”.
Depois, apenas ao minuto 32, na sequência de um livre descaído para o lado direito do ataque sourense, apareceu uma nova oportunidade. Aí, o experiente Guimar não perdoou, entrando na defesa forasteira e fazendo o 1-0 para a turma da casa.
O Caranguejeira ainda procurou chegar ao ataque, em busca da igualdade, mas o Sourense foi quase sempre a equipa que revelou melhor atitude, justificando, assim, os três pontos conquistados no final dos 90 minutos.
A 2. ª parte, foi mais equilibrada, uma vez que o Caranguejeira conseguiu chegar com maior regularidade junto da baliza do veterano João Carlos. Normalmente, recorrendo a remates de meia distância, os visitantes tentaram alterar o marcador, só que, no entanto, nada foi alterado.
Apesar do ascendente dos forasteiros, em largos períodos desta fase, foi o Sourense que, contra a corrente, conseguiu dilatar o marcador, atarvés de um “chapéu” de fora da área de Gonçalo Estanqueiro - um golo excepcional do ala da formação da casa.
A partir daqui, o árbitro lisboeta Bruno Reis Silva mostrou necessitar de demasiado protagonismo, parando demasiadas vezes a partida e dando início a uma chuva de cartões, que tornou o jogo feio e desinteressante. A arbitragem foi, obviamente, infeliz.
Até ao final, com tantas condicionantes, pouco ou nada houve de novo.

0 comentários for this post